FANDOM


Production ID
Danhar
Dan Harmon
Data de Nascimento: 3 de Janeiro de 1973
Cidade: Milwaukee, Wisconsin
Trabalha como: Criador, Roteirista, Produtor
Outros Trabalhos: Rick and Morty,Channel 101
Começou a escrever em: Pilot
Ativo em Community: 2009-2012, 2014 - 2015
Barcode


Dan Harmon é um roteirista que criou o programa de televisão "Community" . Ele atuou como showrunner e produtor executivo por cinco de suas seis temporadas. Dan Harmon nasceu em Milwaukee em 1973. Depois de fazer stand-up e sketch de comédia, ele foi para Los Angeles, onde começou a escrever roteiros com o amigo Rob Schrab. Robert Zemeckis, da Imagemovers, pediu que escrevessem o filme de animação "Casa Monstro" , seguido pelo piloto de Ben Stiller, Heat Vision and Jack. O projeto não foi para frente e Dan começou a frequentar as aulas na faculdade Glendale Community College. Durante esse período, Dan e Rob criaram o festival de curtas-metragens on-line conhecido como " Channel 101", a rede sem fins lucrativos, controlada por audiência, sem fins lucrativos, para cineastas não descobertos. Sarah Silverman se aproximou de Dan e Rob para criar uma série para o Comedy Central, que virou o Sarah Silverman Program. Harmon criou a Acceptable TV , uma versão televisionada do Channel 101 Após o cancelamento, Dan apresentou Community à Sony, que foi a responsável pela produção da série. Ele atuou como escritor principal, showrunner e produtor executivo do programa por três anos consecutivos. Harmon foi demitido oficialmente do programa em 18 de maio de 2012 e substituído por Moses Port e David Guarascio, durante esse período, Harmon co-criou a série animada do bloco Adult Swin do Cartoon Network " Rick and Morty "e fez um documentário baseado em seus podcasts chamado " Harmontown " . Uma vez que a quarta temporada acabou, Community foi renovada para um quinto ano e a Sony decidiu trazer de volta Harmon. Ele reassumiu sua posição como produtor executivo e showrunner por mais dois anos. Em sua vida pessoal, em 15 de novembro de 2014, Harmon se casou com sua namorada de longa data Erin McGathy. Quase um ano depois, em 10 de outubro de 2015, o casal anunciou que estavam se divorciando. Atualmente, Harmon trabalha em " Rick and Morty ", que ele criou com Justin Roiland.

Episódios de Community que trabalhouEditar

Dan Harmon está envolvido em todos os episódios das temporadas 1-3/5-6. Por ser o showrunner dessas temporadas todos os eventos e histórias tinham que passar por sua autorização, apeser disso ele escreveu alguns episódios da série:

Episódios que escreveu
Primeira Temporada
Segunda Temporada
Terceira Temporada
Quinta Temporada
  • "Repilot" (junto de Chris McKenna)
Sexta Temporada

Técnica "Círculo de História"Editar

Harmons Circle

Harmon fazendo um "Círculo de história"

Harmon inventou uma estrutura de narrativa conhecida como "Círculo de Histórias". Ele começou a desenvolver a técnica no final dos anos 90, enquanto estava preso em um roteiro. Ele queria codificar o processo de contar histórias - para encontrar a estrutura que alimentava filmes e programas de TV. "Eu estava pensando, deve haver alguma simetria nisso", disse Harmon à Wired. Enquanto trabalhava no Channel 101 , Harmon descobriu que muitos dos diretores com quem ele trabalhava alegavam não poder escrever planos para programas de televisão. Isso fez com que Harmon destilasse a estrutura de Joseph Campbell em um processo circular simples de oito etapas que produziria histórias coerentes de maneira confiável.

O círculo da história pode ser supostamente aplicado a todas as histórias. Harmon a usa sempre que está escrevendo uma nova história, dizendo: "Não consigo ver esse círculo. Está tatuado no meu cérebro". O círculo é dividido em oito segmentos, cada um representando uma etapa do gráfico. Um personagem é introduzido, quer alguma coisa, entra em um novo ambiente, se adapta a esse ambiente, alcança seu objetivo, mas encontra problemas como resultado, deixa esse mundo e muda como resultado. Os passos são os seguintes:

  • Um ou mais personagens estão em uma zona de conforto ou familiaridade.
  • Eles desejam algo.
  • Eles entram em uma situação desconhecida.
  • Eles se adaptam a essa situação.
  • Eles conseguem o que queriam.
  • Eles pagam um preço muito alto por isso.
  • Eles retornam à sua situação familiar.
  • Eles mudaram como resultado da jornada.

A estrutura de Joseph Campbell é a principal influência na técnica de Harmon. Em um post do blog que detalha o segundo setor do círculo, Harmon explica: "O ponto principal dessa parte do círculo é que nosso protagonista foi jogado na água e agora está afundando ou nadando". No Herói de Mil Faces , Campbell realmente evoca a imagem de um aparelho digestivo, destruindo o herói, despojando-o de neuroses, despojando-o de medo e desejo.Não há espaço para problemas no porão inconsciente. O objetivo aqui se tornou refrescante - e assustadoramente - simples. " Isso já havia sido adaptado para a escrita na tela e na televisão, principalmente pelo ex- executivo de desenvolvimento da Disney, Christopher Vogler em seu livro The Writer's Journey: Mythic Structure for Writers . Harmon observou este livro como uma influência na técnica do embrião, bem como no trabalho de Syd Field.

Harmon afirma que essa estrutura circular de contar histórias pode ser aplicada ao cinema e à TV, sugerindo em um blog do Channel 101 que apenas as intenções finais são diferentes. "O trabalho de um longa-metragem é fazer você sair do cinema em alta em 90 minutos. O trabalho da televisão é mantê-lo grudado na televisão por toda a sua vida. Isso não implica tornar as histórias menos circulares (os círculos na TV são às vezes irritantemente previsíveis). Significa apenas que o foco da etapa 8 é menos irritante e mais voltar às coisas onde começaram ", diz ele. Harmon usou extensivamente a técnica do embrião da história em projetos como Community e Rick and Morty. Em uma entrevista ao Collider , o escritor Adam Chitwood disse: "O programa [ Rick and Morty ] estreou em 2013 com um sério grau de antecipação, pois marcou um novo empreendimento animado para o criador de Community Dan Harmon, mas foi o casamento da aptidão de Harmon para estrutura e caráter insanamente criativa com a mente insana do co-criador Justin Roiland que fez de Rick and Morty muito mais do que apenas mais uma série animada de TV para adultos".

Fãs e críticos aplicaram retroativamente o Story Circle de Harmon a outros programas, como Breaking Bad. A técnica de Harmon foi adotada pelo escritor irlandês de sitcom, Graham Linehan , o criador de programas como Father Ted , The IT Crowd e Black Books. Em entrevista ao TelegraphLinehan disse: "Sempre que escrevo para a televisão, planejo a história no papel de parede do quadro branco em meu escritório, usando um sistema criado pelo escritor americano Dan Harmon, dizendo: 'É notavelmente simples: um personagem quer algo; ele entra em um novo mundo. e se adaptam a ele; conseguem o que querem, reentram no velho mundo e mudam. ' O melhor de tudo é que, quando você tem uma idéia um pouco, a seção oposta ocorre naturalmente, assim como as de ambos os lados, etc. É basicamente uma destilação da idéia da 'jornada do herói', mas é indetectável e aplica-se a quaisquer idéias, grandes ou pequenas ".

Ausência na Quarta temporadaEditar

Em 10 de maio de 2012, a NBC anunciou que Community estaria de volta para uma quarta temporada , mas não ficou claro se Harmon retornaria já que seu contrato com a Sony já iria expirar. Em 18 de maio de 2012, a Sony Pictures Television fez o anúncio oficial de que Dan Harmon não voltaria como showrunner e em vez disso seria um consultor de produção (algo que mais tarde ele desmentiu). Ele foi substituído por David Guarascio e Moses Porto, cujo trabalho mais conhecido era o seriado da ABC " Happy Endings ". A demissão de Dan Harmon foi uma tentativa de deixar a série mais acessível para o grande público. Em 10 de maio de 2013, a NBC renovou Community para uma quinta temporada, depois de alguns rumores que Dan Harmon poderia voltar, foi finalmente oficializada pelo próprio Harmon em sua conta no Twitter.

ControvérsiasEditar

Dan Harmon é conhecido por ter uma série de desentendimentos com Chevy Chase ao longo da série, que inclusive ajudou a sua saída na terceira temporada, já que ambos eram pessoas difíceis de se trabalhar. De acordo com os relatórios da Deadline na época, Chase saiu do set durante o último dia de filmagens da terceira temporada e não terminou de filmar suas cenas no caso seria a end tag do episódio Digital Estate Planning, alegando está cansado. Harmon observou que esta era uma experiência comum com Chase e quando isso acontece,eles simplesmente filmam as cenas de Pierce nos dias seguintes. Neste caso, como foi o último dia de filmagem, eles não poderiam filmar mais. Na festa de encerramento da temporada, onde Harmon aparentemente fez um discurso que xingou Chevy Chase, na frente de toda a família dele. Chase, mais tarde, enviou a Harmon um correio de voz o xingando. Harmon tocava constantemente a mensagem na frente das pessoas.

Em 2 de janeiro de 2018, Dan Harmon fez alusão à má conduta dele em relação a outras pessoas. Megan Ganz, uma roterista que trabalhou com Harmon em Community, respondeu, chamando a si mesma de vítima na dita má conduta. Harmon respondeu tentando um diálogo com Ganz, no qual ele tentou se desculpar e, embora Ganz tenha dito que apreciava seus gestos, ela se recusou a perdoá-lo. Após a troca, Harmon fez um longo pedido de desculpas em seu podcast Harmontown, onde entrou em detalhes sobre seus erros, incluindo os avanços nela e a maltratá-la depois que ela o recusou. Ganz disse que se sentiu justificada pela admissão e aceitou seu pedido de desculpas, recomendando seus seguidores do Twitter a ouvir este episódio de Harmontown , e o perdoou.


GaleriaEditar

Com os AtoresEditar

Sala dos RoteristasEditar

No SetEditar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.